Envie-me um postal!

Gostaria de ver a sua cidade, a sua região, o seu país ou o que você gosta aqui no blog? Envie um postal!

Blog Postais & Selos
Av. Sinval Sales Pereira, 239,
Montezuma, MG, 39547-000
BRAZIL

Participe! Muito Obrigado!

sábado, 27 de julho de 2013

TW-0005 Bantaoyao

Bantaoyao é um estúdio de artesanato situado em Taiwan, comandado pelos artistas Jiao-Zhi Pottery e Chien-Nien. Visite o site e conheça outras obras!

postcrosser Crystal


sexta-feira, 26 de julho de 2013

DE-0014 Limpador de Chaminés

Como a Krish explicou no postal, na Alemanha, quando passa um limpador de chaminés por nós é sinal de sorte! Quem sabe hoje será o seu dia de sorte ao ler essa postagem, hein?!

postcrosser Krish




Os selos, maravilhosos, são: Tagetes (gosto de plantá-los) da série permanente sobre Flores, de 2005; e, comemorativo sobre o Parque Nacional Jasmund, de 2012. Essa Unidade de Conservação alemã é Patrimônio da Humanidade.

quinta-feira, 25 de julho de 2013

US-0007

Esse postal foi feito à mão, com uma paisagem fantástica; me imaginei em uma Vereda em algum outro planeta habitado... Abaixo, foi enviado um cartão de uma exposição de arte moderna, Drift, na Universidade de Biola, na Califórnia.

postcrosser Jason


O selo é para uso em postagens internacionais, com franquia eterna... A obliteração promove as Energias Eólica e Solar, em comemoração ao Dia da Terra de 2013; o interessante é que várias pessoas criticaram a promoção, pois são contra as Usinas Eólicas.

quarta-feira, 24 de julho de 2013

BR-0028 Parque Estadual do Itacolomi

Nada melhor do que abrir a caixa de correio e encontrar um postal mineiro... O Pico do Itacolomi já vi ao vivo, mas ao longe... Obrigado Leonardo, mais uma vez!
friend Léo

O Parque Estadual do Itacolomi, localizado nos municípios de Mariana e Ouro Preto, na região sudeste de Minas Gerais, a 100 quilômetros da Capital. Foi criado em 14 de junho de 1967, pela Lei nº 4.495. A unidade de conservação abriga o Pico do Itacolomi. Com 1.772 metros de altitude, era ponto de referência para os antigos viajantes da Estrada Real que o chamava de “Farol dos Bandeirantes”. A palavra Itacolomi vem da língua tupi e significa “pedra menina”. Os índios viam o pico como o “filhote” da montanha ou “pedra mãe”.

Patrimônio Natural

O Parque possui uma área de 7.543 hectares de matas onde predominam as quaresmeiras e candeias ao longo dos rios e córregos. Nas partes mais elevadas, aparecem os campos de altitude com afloramentos rochosos, onde se destacam as gramíneas e canelas de emas. Abriga muitas nascentes, escondidas nas matas, que deságuam, em sua maioria, no rio Gualaxo do Sul, afluente do rio Doce. Os mais importantes são os córregos do Manso, dos Prazeres, Domingos e do Benedito, o rio Acima e o ribeirão Belchior.

Diversas espécies de animais raros e ameaçados de extinção podem ser encontrados na unidade de conservação, como o lobo guará, a ave-pavó, a onça parda e o andorinhão de coleira (ave migratória). Também podem ser vistas espécies de macacos, micos, tatus, pacas, capivaras e gatos mouriscos. Levantamentos identificaram mais de 200 espécies de aves, como jacus, siriemas e beija-flores.

História pra contar

Pelo Parque Estadual do Itacolomi e por Ouro Preto passaram as expedições em busca do ouro das Gerais. O patrimônio está preservado, dando ao visitante uma real visão da paisagem contemplada pelos antigos viajantes destes caminhos. No final do século 18, na busca por riquezas, o bandeirante paulista, Antônio Dias, avistou o Pico do Itacolomi, que serviu como ponto de referência, para que outras expedições chegassem ao local com facilidade.

No Parque, a Fazenda São José do Manso é um exemplar da arquitetura colonial deixado pelos bandeirantes em Minas. A Fazenda é tombada pelo IEPHA. Restaurada, a antiga sede da fazenda, a Casa do Bandeirista, é o Centro de Visitantes do Parque foi construída entre 1706 e 1708 e é uma das três amostras da arquitetura paulista em Minas Gerais, considerada por especialistas o primeiro prédio público do Estado, pois servia para cobrança de impostos e vigilância das minas. Foi tombada em 1998.

A Fazenda do Manso foi um polo produtor de chá na primeira metade do século 20. O Museu do Chá abriga o maquinário alemão usado no beneficiamento do chá colhido nas lavouras da fazenda.

Outra atração é a Capela de São José que possui uma Via-Sacra diferente, feita por artistas plásticas ouropretanas que utilizaram materiais colhidos na natureza para sua confecção. Também merecem destaque a Fazenda do Cibrão e as ruínas da Casa de Pedra. A Chácara dos Cintra é outra atração com suas ruínas e um grande portal em pedra sabão.

Infra-estrutura

A sede administrativa do Parque fica na fazenda São José do Manso, local que abrigou, na década de 1930, uma fábrica de chá. Hoje, o Parque possui uma completa infra-estrutura para atender visitantes e pesquisadores com Centro de Visitantes, biblioteca, alojamentos para pesquisadores e funcionários. Algumas das edificações do Parque passaram por recente reforma e novas instalações melhoraram ainda mais a infra-estrutura de apoio a visitantes e pesquisadores. As obras foram realizadas com recursos do Projeto de Proteção da Mata Atlântica de Minas Gerais (Promata/MG).

Visitação:

A visitação é aberta de terça-feira a domingo de 8 às 17 horas. O Parque dispõe de Centro de Visitantes, Museu do Chá e Casa Bandeirista, além de trilhas interpretativas e atrativos naturais. As visitas guiadas ao Pico do Itacolomi devem ser agendadas junto à administração. A área de camping, conta com estrutura de apoio, inclusive restaurante, devendo ser agendada a permanência no camping, pois o número de barracas é limitado.


Sob o Carimbo especial da Agência Filatélica de Uberlândia, eis o 21º selo da Série Comemorativa dos 350 anos dos Correios. No caso, exaltando a participação dos Correios em projetos sociais e ambientais, como por exemplo, a Coleta Seletiva nas Agências e a Coleta de Pilhas e Baterias.

segunda-feira, 22 de julho de 2013

US-0006 White Flower Farm

Mais um norte-americano, trazendo um belo jardim de monocotiledôneas que, botanicamente, são denominadas Liliopsidas.

postcrosser Lia

Os selos são da série Forever, de 2012; aqui temos três: Liberdade (no sentido de livre), Justiça e Liberdade (no sentido jurídico, mais formal). Faltou o da Igualdade. Eu não sabia da sutileza das duas liberdades, mas aprendi com o meu caro amigo e cunhado Eudes, fluente em Inglês.

sábado, 20 de julho de 2013

BR-0027 Parque Estadual da Serra do Rola-Moça

O interessante desse parque também é a origem do seu nome, Rola-Moça: originou-se de conto popular e foi imortalizado no poema "A Serra do Rola-Moça" de Mário de Andrade mais tarde musicado por Martinho da Vila em 1987 no disco "Coração de Malandro". O poema conta a história de um casal que após seu casamento atravessou a Serra voltando para casa. O cavalo em que a moça estava pisou em falso no cascalho e a dupla despencou ladeira a baixo e o marido chicoteando seu cavalo partiu ribanceira abaixo atrás da moça e "a Serra do Rola-Moça, Rola-Moça se chamou" (Wikipédia).

friend Léo

O Parque Estadual da Serra do Rola-Moça é uma das mais importantes áreas verdes do Estado. Situado na região metropolitana de Belo Horizonte, é o terceiro maior parque em área urbana do país e abriga alguns dos mananciais que abastecem a capital.

O nome do Parque foi contado em "causo" e imortalizado por Mário de Andrade em um poema que relata a história de um casal que, logo após a cerimônia de casamento, cruzou a Serra de volta para casa. No caminho, o cavalo da moça escorregou no cascalho e caiu no fundo do grotão. O marido, desesperado, esporou seu cavalo ribanceira abaixo e "a Serra do Rola-Moça, Rola-Moça se chamou".

A unidade de conservação está localizada nos municípios de Belo Horizonte, Nova Lima, Ibirité e Brumadinho e foi criada em 27 de setembro de 1994, coma publicação do Decreto 36.071.

Patrimônio Natural

Os 3.941,09 hectares do Parque Estadual da Serra do Rola-Moça são habitat natural de espécies da fauna ameaçadas de extinção como a onça parda, a jaguatirica, lobo-guará, o gato-do-mato, o macuco e o veado campeiro.

O Parque está situado numa zona de transição de Cerrado para Mata Atlântica, rico em campos ferruginosos e de altitude.  A vegetação diversificada proporciona ao Parque um colorido especial e um relevo peculiar, sendo encontradas espécies como orquídeas, bromélias, candeias, jacarandá, cedro, jequitibá, arnica e a canela-de-ema, que se tornou o símbolo do Parque. Recentemente descrito pela geologia, o Campo Ferruginoso é muito raro, sendo encontrado apenas em Minas Gerais, no quadrilátero ferrífero, e em Carajás, no Estado do Pará.

O Parque abriga seis importantes mananciais de água - Taboões, Rola-Moça, Bálsamo, Barreiro, Mutuca e Catarina - declarados pelo Governo Estadual como Áreas de Proteção Especial. Eles garantem a qualidade dos recursos hídricos que abastecem parte da população da região metropolitana de Belo Horizonte. Para assegurar a proteção destes mananciais, esta área não está aberta à visitação pública.

Infra-estrutura

Na entrada de Nova Lima, o Parque possui um Centro de Visitantes com auditório, para 90 pessoas, salas para reuniões e para Polícia de Meio Ambiente. Na entrada pelo Barreiro, em Belo Horizonte, há outro Centro de Visitantes com auditório para 60 pessoas, salas da administração, além de residências para funcionários e casa do Grupamento de Polícia de Meio Ambiente.

Visitação:

O Parque não possui área de camping e a visitação deve ser feita no período diurno.


E vamos prosseguindo na história dos 350 anos dos Correios! Eis o 13º da série comemorativa, onde se data 1878, ano da construção do primeiro edifício dos Correios, na cidade do Rio de Janeiro, que funciona até hoje como Agência Central da cidade.

sexta-feira, 19 de julho de 2013

US-0005 Ganesh: Removedor de Obstáculos

Esse postal veio dos Estados Unidos, nos trazendo um semi-deus hindu, Ganesh, que é cultuado também fora da Índia.

postcrosser Eugenia

Ganesh é o símbolo das soluções lógicas e deve ser interpretado como tal. Seu corpo é humano enquanto que a cabeça é de um elefante; ao mesmo tempo, seu transporte é um rato. Desta forma Ganesh representa uma solução lógica para os problemas, ou "Destruidor de Obstáculos".


quinta-feira, 18 de julho de 2013

BR-0026 Aves de Minas Gerais

Mais postais em decorrência do meu aniversário! Viva, como é legal participar do Grupo de Troca de Postais, no Yahoo. Faça parte você também! Obrigado caro Sr. Amaral!

swaper José Amaral

O Pica-Pau-de-Topete-Vermelho (Campephilus melanoleucos) é um grande pica-pau latino-americano, sem dinheiro no bolso, sem amigos importantes, vindo do interior...


O nosso querido Canário-da-Terra-Verdadeiro (Sicalis flaveola) está, aos poucos, voltando a ser visto por aí, considerando que era um dos mais cobiçados pelos passarinheiros (inclusive eu, quando era menino), tanto para canto como para rinha...


quarta-feira, 17 de julho de 2013

DE-0013 Düsseldorf

Mais um belo postal alemão, sempre marcados pela urbanização moderna conciliada com a histórica, que venceu a destruição de duas Grandes Guerras.

postcrosser Jürgen

A nona maior cidade da Alemanha fica às margens do Rio Reno, sendo a capital do Estado de Renânia do Norte-Vestfália, no oeste do país. Interessante que Düsseldorf apresenta a terceira maior colônia japonesa na Europa, acontecendo anulmente o Japantag (Dia do Japão).


terça-feira, 16 de julho de 2013

BR-0025 Santa Catarina

Por ocasião do meu aniversário ontem, recebi três postais de um caro colega do grupo de Trocas de Postais do Yahoo, o Ernani de Florianópolis, SC. Vislumbremos!

friend Ernani

Ruínas da Fortaleza de Nossa Senhora da Conceição de Araçatuba, 
Ilha de Araçatuba, Palhoça, SC.

Baleia-Franca e filhote, na Praia do Morro das Pedras, Florianópolis, SC.

Casa da Alfândega de Florianópolis, hoje é o Centro da Cultura Popular Catarinense.



Envelopados, foram franqueados por um selo desconhecido para mim, da Emissão Conjunta Brasil - Cuba, de 2005; neste estampa-se uma dança típica de Cuba, o Son.

domingo, 14 de julho de 2013

8º Aniversário do Postcrossing


Em homenagem ao oitavo aniversário do fantástico site Postcrossing a minha querida esposa, Maria Eugênia, preparou um empadão!


O Simão Pedro também entrou na onda, ainda mais que é um dos usuários do site, recebendo e enviando postais!


Cá estamos, inclusive com o Samir Lorenzo, com todo o garbo do momento!

E você, o que está esperando para participar desse incrível site, que proporciona muitas alegrias postais para a gente! Emocionante abrir a caixa de correio e, ao invés de ter contas, ter um postal do outro lado do mundo!

sábado, 13 de julho de 2013

BR-0024 Parque Estadual do Rio Preto

Projeto "Parques de Minas", porque Minas são tantas, Minas são muitas... Obrigado Léo pelo carinho, porque mesmo em terras bandeirantes não deixou de prosseguir com o Projeto!

friend Léo

O Parque Estadual do Rio Preto está localizado no município de São Gonçalo do Rio Preto, distante 70 Km de Diamantina. Foi o primeiro a receber o marco de referência da Estrada Real, que vai de Parati (RJ) até Diamantina.

A história da unidade de conservação está ligada às lendas e mitos dessa antiga área de mineração. Na área, segundo relatos, se escondiam escravos fugidos que conheciam bem suas matas e rochas por haverem trabalhado na construção da Estrada Real. Muitos conseguiram se safar das perseguições dos capitães-do-mato e se juntar a quilombos no interior da Bahia.

Patrimônio Natural

O Parque Estadual do Rio Preto está inserido no complexo da Serra do Espinhaço. Possui um relevo acidentado repleto de rochas de quartzo que formam belíssimos painéis.

Com uma área total de 12,185 hectares, a unidade de conservação abriga diversas nascentes, dentre as quais se destaca a do Rio Preto, um dos mais importantes afluentes do Araçuaí, por sua vez afluente do Rio Jequitinhonha. Os recursos hídricos privilegiados favorecem a formação de cachoeiras, piscinas naturais, corredeiras, sumidouros, canion e praias fluviais com areias brancas.

Entre os inúmeros atrativos turísticos, destacam-se as cachoeiras do Crioulo e da Sempre Viva, as pinturas rupestres e os mirantes naturais que permitem aos visitantes observar toda a área da Unidade e do entorno.

A cobertura vegetal do Parque é composta, na maior parte, por cerrado e campos de altitude. São inúmeras as espécies vegetais existentes na área, com destaque para o monjolo, pau pereira, candeia, sucupira, pau d´óleo, peroba, ipê, araticum, carvalho e várias espécies de sempre-vivas.

A fauna é igualmente rica, com a presença de diversas espécies ameaçadas de extinção como o lobo-guará, o tamanduá-bandeira, o tatu canastra e a jaguatirica.

História pra contar

Em 1991 o Rio Preto foi declarado Rio de Preservação Permanente, concretizando o grande interesse da comunidade de São Gonçalo do Rio Preto. Esta ação culminou na necessidade de proteger sua nascente. Em 01 de junho de 1994, foi publicado o Decreto nº 35.611 que criou oficialmente o Parque Estadual do Rio Preto. A abertura da unidade à visitação aconteceu em 2002.

A unidade de conservação reúne as terras das antigas fazendas Boleiras, Alecrim e Curral. Nessas fazendas eram exploradas atividades de pecuária de corte e extração de sempre-vivas, garimpo e coleta de frutos silvestres.

Infra-estrutura

O Parque possui uma das mais completas infra-estruturas em unidades de conservação de Minas Gerais que inclui portaria, estacionamento e restaurante. O Centro de Visitantes possui um auditório para 70 pessoas, duas salas de reunião para 30 pessoas cada e uma sala para exposições.

Doze alojamentos podem abrigar até 49 pessoas e a área de camping comporta até 15 barracas e possui ainda quiosques, churrasqueiras, lavatório de pratos e roupas, vestiários e fonte de água potável.

Visitação: Os alojamentos e a área de camping devem ser reservadas com antecedência junto à administração do parque. Horário de visitação: 7 às 17 horas. Telefone: (38) 3531.3919.

Como chegar: A partir de Belo Horizonte, seguir a BR 040 no sentido de Brasília e, depois, acessar a BR 259 até Curvelo. Daí, seguir pela BR 367, sentido Diamantina. Após a cidade de Couto Magalhães, entrar na MG 214 até São Gonçalo do Rio Preto, por estrada de terra batida. De São Gonçalo até a portaria do Parque são 14 Km de estrada bem sinalizada. Distância de Belo Horizonte: 355km.


Daqui exatos 10 dias se iniciará a Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro, que é homenageada pelos Correios nesse selo especial, além de outros produtos que neste ano os Correios prepararam devido ao evento.

sexta-feira, 12 de julho de 2013

CN-0004 Lótus

postcrosser Cici


O postal traz uma singela pintura chinesa, baseada no Lótus, da série artística Chinese Meticulous. O selo, de 2011, é da série comemorativa sobre a 26ª Universíada de Verão de 2011, que aconteceu na cidade chinesa de Shenzhen. A Universíada de Verão é um evento multidesportivo internacional, organizado para atletas universitários pela Federação Internacional do Desporto Universitário (FISU), normalmente, a cada dois anos.

quinta-feira, 11 de julho de 2013

DE-0012 Mülheim an der Mosel

Colocando em dia os postais alemães, sempre com panoramas que iluminam nossas vistas! Gosto mais ainda quando quem enviou é morador do local em questão, como é o caso do Arni e sua cidade de Mülheim an der Mosel. Tal cidade fica próxima à fronteira com Luxemburgo, com uma população de pouco mais de mil habitantes e uma base econômica na vinicultura e no turismo. A cidade está às margens do Rio Mosela, afluente do Reno.

postcrosser Arni


quarta-feira, 10 de julho de 2013

US-0004 Mapa Turístico: North Cascade

Segue um Mapa do Circuito Turístico da região do norte da Cordilheira das Cascatas, no Estado norte-americano de Washington, com muitas atrações naturais e cenários espetaculares. Thanks Rich!

postcrosser Richard



terça-feira, 9 de julho de 2013

DE-0011 Colônia

O postal traz o Mercado de Peixes de Colônia, que é a quarta maior cidade da Alemanha, com mais de 1 milhão de habitantes. Acesse o Commons Wikipédia para vislumbrar mais fotos do local, que possui uma história milenar devido ao comércio de peixes e crustáceos oriundos do Rio Reno, que atravessa a cidade. Hoje está revitalizado, depois de ser praticamente destruído na Segunda Grande Guerra.



Apesar de alemão, o postal foi enviado da Espanha...

segunda-feira, 8 de julho de 2013

ES-0009 Teatro Romano de Cartagena

Tem um mês que recebi esse belo postal, mas não sei porque cargas d'água já não o postei aqui... Mas vamos lá! Muchas Gracias Eric, una vez más!

friend Eric

O Teatro Romano de Cartagena, apesar de seus mais de dois mil anos, somente foi descoberto em 1988, durante escavações na cidade, incrível não?! Com capacidade para 6.000 espectadores, foi construído nos tempos do Imperador Augusto, fez parte das obras de romanização e urbanização da nova colônia romana, conforme a Wikipédia.


Vieram três bonitos selos: (1) Rei Juan Carlos I, um dos quatro selos da Série Básica de 2008, também conhecida por série Geral ou Definitiva, sendo a quinta série de selos básicos com a efígie real; (2) Dia da Igualdade Salarial entre os sexos; e, (3) Castanholas, um dos cinco selos da série de 2013 sobre Instrumentos Musicais.

domingo, 7 de julho de 2013

BR-0023 Parque Estadual da Serra das Araras

Vamos começar a semana com a beleza paradisíaca e ecológica das Veredas...

friend Léo


O Parque Estadual da Serra das Araras, criado em 1998 por Decreto Estadual do Governo do Estado de Minas Gerais, se destaca, pelos seus paredões, seus diversos ecossistemas considerados como de preservação permanente (veredas, matas ciliares, nascentes e topos de morros) e seus sítios geomorfológicos que funcionam como habitat e criadouro natural de espécies de araras ameaçadas de extinção (arara-vermelha e arara-canindé), que dão nome a serra.

A região é preenchida por inúmeras Veredas (cabeceiras pouco profundas), que fornecem alimento e abrigo para a reprodução de treze espécies da fauna ameaçadas de extinção e paisagens naturais de grande valor. Sua cobertura vegetal é formada predominantemente pelo cerrado e ecossistemas associados (matas ciliares e veredas). Dentre as espécies ocorrentes no cerrado, destacam-se aquelas cujos frutos são utilizados pela fauna como alimento: fava d'anta, mangabeira, pequi, jatobá-de-cerrado, araçá, gabiroba, dentre outras. Nas veredas e matas ciliares há presença marcante da palmácea buriti e da pindaíba.

A riqueza do cerrado em espécies com frutos e flores comestíveis, bem como os abrigos que o arenito da borda das chapadas propicia contribuem particularmente para a preservação da avifauna, em especial das espécies arara-vermelha e arara-canindé.

Entre os mamíferos, o destaque é para o veado-galheiro ou sussuapara, espécie extremamente rara em Minas Gerais, que ocupa as áreas alagadas das veredas, além do veado-campeiro, onça-parda, jaguatirica, gato-mourisco, lontra, tatu-canastra e o tamanduá-bandeira.

Com área total de 11.137 hectares, está inserido no município de Chapada Gaúcha, extremo noroeste do Estado.



Discretamente, o Léo vai me regalando também com os selos da Série Comemorativa dos 350 anos do correio brasileiro de 2013! Aqui, o 17º da série, com o início da Triagem Mecânica de correspondências, em 1940, com as máquinas holandesas TRANSORMA, instaladas no Correio Geral do Rio de Janeiro.

sábado, 6 de julho de 2013

FI-0006 Mapa da Finlândia

Esse chegou ontem e deveria entrar na fila para ser postado aqui, porém... Tenho que compartilhar logo esse mapa da Finlândia, eu não sabia que a capital, Helsinki, ficava no extremo sul, relativamente longe do norte (pouco mais de 1100 km).

postcrosser Sini

Agora, o interessante também deste postal foi o selo! Ele faz parte da série de 2013 sobre Veículos Postais, compondo a competição europeia do melhor selo de 2013 sobre Veículos Postais em todos os países; eu já votei, se você quiser, o que aconselho, vote também! Acesse: http://www.posteurop.org/europa2013.


sexta-feira, 5 de julho de 2013

DE-0010 Veitshöechheim

postcrosser Sigrid

A pequena cidade alemã de Veitshöechheim, no estado da Baviera, possui pouco mais de 10.000 habitantes, com quase 1300 anos de história às margens do Rio Meno, afluente do Rio Reno. O postal traz alguns de seus pontos turísticos urbanos. O jardim do seu castelo é considerado um dos mais belos em estilo rococó, na Europa.


O selo, inédito por aqui, traz a Ponte Fehmarn, em comemoração de seus 50 anos em 2013. Já é a quarta vez que a ponte é homenageada pela filatelia alemã. A ponte rodo-ferroviária, que possui 953 metros de comprimento, liga a Alemanha com a Dinamarca (ou vice-versa, como você preferir).

quinta-feira, 4 de julho de 2013

BR-0022 Monumento Natural Estadual Gruta Rei do Mato

Esse tá aberto para visitação e fica ao lado da Rodovia BR-040, não há como não visitar (ah, seu falastrão, você mesmo nunca visitou...)!

friend Léo

A gruta Rei do Mato, situada no município de Sete Lagoas, região metropolitana de Belo Horizonte, passou a ser Monumento Natural Estadual Gruta Rei do Mato. A Lei Estadual nº 18.348/2009, define a área como Unidade de Proteção Integral, na categoria de Monumento Natural Estadual. A unidade fica sob responsabilidade do Instituto Estadual de Florestas (IEF) e caberá ao órgão as medidas necessárias para administrar o Monumento.

O Monumento, com uma área de cerca de 140 hectares e perímetro de aproximadamente cinco mil metros, receberá uma série de investimentos em infraestrutura para recepção turística e proteção aos sítios naturais. 

O gerente da UC explica que o Monumento fará parte da Linha Lund, um projeto desenvolvido pelo Governo de Minas, através do IEF e da Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais, com a intenção de criar um circuito turístico pela região cárstica do entorno da capital mineira, formado principalmente pelas grutas Lapinha, em Lagoa Santa; Maquiné, em Cordisburgo; e Rei do Mato, em Sete Lagoas.

A Gruta Rei do Mato está sob tutela do poder público desde 1984, com o objetivo de proteger a fauna, a flora, os monumentos naturais e as cavidades e abrigos com vestígios espeleológicos, paleomeríndios e jazidas arqueológicas ou pré-históricas de qualquer natureza na área de sua circunscrição.

Monumento Natural

É uma categoria de unidade de conservação do grupo de uso sustentável, com o objetivo básico de preservar sítios naturais raros, singulares ou de grande beleza cênica. Esse tipo de espaço pode ser constituído por áreas particulares desde que seja possível compatibilizar os objetivos da unidade com a utilização da terra e dos recursos naturais do local pelos proprietários.



O selo é o quinto de 24 diferentes que compõem a série especial comemorativa aos 350 anos do correio brasileiro, neste ano de 2013; no caso, comemora-se o ano de 1843, quando se lançaram os primeiros selos postais brasileiros: os Olhos-de-Boi. Com mais de 9 milhões de unidades emitidas, é um dos mais disputados selos na filatelia mundial, com exemplares atualmente variando de R$ 70,00 a R$ 2.310.000,00 (conforme o Clube Filatélico do Brasil)!!! São 170 anos de história...

Ah, outro dia até enviei um postal com um Olho-de-Boi, adquirido junto a Schimittstamps:


Um forte abraço aos amigos e amigas que acompanham o nosso blog! Obrigado Leonardo por enriquecê-lo mais e mais!

quarta-feira, 3 de julho de 2013

DE-0009 Leipzig

A cidade independente (termo técnico-geográfico para distritos exclusivamente urbanos) de Leipzig, ou Lípsia em português, é a maior cidade do estado alemão da Saxônia, com mais de 500 mil habitantes. Aqui temos alguns pontos turísticos da cidade, à noite.

postcrosser Lucasz